PORTA SOBRE ROMANCES COLEGAS follow

この目が光を失っても, ぼくは描いてみせる
Um clube de artes para o proveito de todos, onde muitas histórias planejam-se serem contadas. Fique à vontade, você não precisa ser bom com desenhos para se juntar a nós. { }
[ pergunte-me o que quiser ]

< novel projects >
● { hear the rain series • gangsta }
● { crônicas do céu series • soul eater 1/3 }
● { sea of stars • soul eater }
Outros rascunhos se encontram em Qiklist!

< UNLUKIES BOX >
100 perguntas sobre anime{ drabble } A reason to live.{ oneshot } Some different star.O retorno dos reis ♚A estranha eu.{ drabble } Not alone.Conhecendo a fundadora do clube!{ specialday } Love song.{ oneshot } As in the first time.{ oneshot } We got married!
< SUPER-DUPER >
Base por Michiko & Adam edição, Snow.
Hacks por Anilyan & Mack.
© 2015 - 同級生; - all rights reserved.


☆ Hi, signalize! ★
27 de julho de 2015 | 3 comments
Estou andando bem apressada nessas férias, não é mesmo?
Não consigo encontrar um motivo para tanta agitação, a minha meta era deixar o clube atualizado uma vez na semana pelo menos, como uma forma de ir preenchendo ele com bastante conteúdo mas devo ter extrapolado um pouco, estou até surpresa com a minha rapidez /kroewkr/ porém é certeza de todo esse ânimo ir sumindo aos poucos com as minhas aulas voltando, reta final dos meus cursos e eu torcendo para não perder a sanidade com eles. Na realidade, minhas aulas reiniciam hoje mas eu não vou por rebeldia, sem contar que como é começo de semestre, vem a nova leva de novatos e eu quero mais é fugir dessa agitação de "primeiro dia de aula" /teehee/ sou praticamente veterana!! 8D'

E como isso marca o fim das minhas férias vulgo recesso, achei legal fazer uma retrospectiva das minhas três semanas de folga /weee/ só não esperem coisas emochionantes, o.k.?

Pra quem estuda, ter férias é como um chamado dos céus. Você pode não ser o aluno mais dedicado, mas é como se o seu relógio interno apenas necessitasse de um tempo sem a rotina de acordar e caminhar até o colégio e ter de ficar lá até o meio do dia, aqueles que estudam à tarde tem o azar de não poder aproveitar grande parte do dia como se deve, logo, quando as férias chegam é como se o corpo se desligasse aos poucos, até que o último dia de aula finalmente chegue.

Penso que a maioria das pessoas deve aproveitar as férias viajando mas, sinceramente, eu não sei o que é viajar fazem-se anos! O principal motivo seria a falta de dinheiro, porque vontade é o que não me falta, logo programar algum lugar para conhecer não seria tão difícil. Quando era mais nova, costumava ir visitar os meus avós, não era algo tipo awesome já que eu ia para um lugar mais parado que a cidade onde vivo e melhor, para ficar quase um mês em um sítio! Porém, eu não reclamava de nada, era pequena e o que mais me importava era a diversão que a criatividade poderia me oferecer - porque lá, sem criatividade criança não vive - logo, passava as tarde subindo em pés de goiabeira, correndo atrás dos cachorros, me sentindo a musicista com alguns canos de pvc ou vendo a programação do SBT. Vez ou outra, minha tias apareciam e íamos para o rio que tinha lá perto, passando pela trilha de bananeiras, era festa pura, me sentia tão animada que até esquecia das dores de ouvido que tinha a noitinha, momento em que eu mais me acovardava, todas as neuras que se tem na cidade ficam piores no mato, acreditem!

Uma pena que essas minhas lembranças agora, não passem de memórias felizes. Já faz um bom tempo que não vou até o sítio e, sinceramente, não quero voltar tão cedo, as coisas mudaram muito por lá desde o tempo que eu costumava brincar com os meus primos, todo o prazer que eu tinha em ficar perto dos meus parentes acabou minado pelo tempo e pelas mudanças também. Mas, voltando as férias atuais...

No meu caso foi assim /prepara a voz/ por incrível que pareça, a minha última semana de aula foi a mais estressante de todas, estava a ponto de dizer chega e sair correndo da sala de tão revoltada que estava! A situação naquele lugar parecia estar sendo contada por um conta gotas e eu era a única que demonstrava o meu desagrado na cara de todo mundo - francamente, eu tenho os meus limites -. Quando ela acabou dei aleluia e não olhei pra trás /korewko/ minhas preciosas férias estavam ali e eu queria aproveitá-las! Claro, seriam apenas três semanas - me enganei e pensei que fossem duas - mas eu tentaria aproveitar da melhor forma possível. Até havia planejado algumas coisinhas mas, como sempre não consegui cumprir praticamente nada. Desses tópicos, alguns seriam: Rever minha amigas do fundamental, o que não aconteceu da melhor forma, já que nem marcar um dia decente a gente conseguiu! /kroewkor/ Passar uma tarde com a Nats e o Gnomo, que foram grandes amigos no colegial e que eu adoraria ter revisto, isso caso a tapada apaixonada por yuri da Nats tivesse conseguido vencer sua vergonha e aparecer na minha casa! Arrastar a Tai para dormir na minha casa², pois ela havia prometido que nas férias ela viria. Arrumar o quarto e trabalhar com o meu temido TCC.

De tudo isso só consegui cumprir um dos tópicos. As opções não eram coisas de outro mundo, que eu não poderia fazer, eram até bem simples mas, o meu humor tem a capacidade de mudar tudo - exatamente tudo - o que planejo. Se partimos do ponto que a primeira semana foi praticamente chuvosa então, a minha situação de querer fazer algo diferente foi pro buraco.

Entendam, eu não suporto chuva, não suporto sair na chuva, não gosto quando chove e eu quero fazer algo diferente do meu dia. a chuva mina tudo o que eu planejo e eu não gosto dela. Ponto. Com isso, fiquei mais tempo no meu quarto do que planejando/fazendo qualquer coisa e, por incrível que pareça, DORMINDO feito uma condenada, mais parecia que eu havia sido drogada e quando acordava recebia uma dose ainda maior! Para amenizar algo e fugir de qualquer responsabilidade, a única atividade que me permiti foi a de ler fanfics e já se fazia um bom tempo que eu não pegava para ler, qualquer texto que fosse. Eu gosto de ler esse tipo de história mais como um aprendizado interno, como se o que vejo como defeito no outro, eu pudesse melhorar em mim quando escrevo. E bem, eu lendo fanfics é algo engraçado, pois quando vejo defeitos ou eu falo o que deveria ter sido melhorado ou começo a resmungar pelos cantos, minha irmã reclama um bocado, fala para eu viver minha vida porém, ela ainda não é capaz de entender esse meu processo de raciocínio /kroewkrow/ e até que dessa vez, encontrei ótimas fics! Algumas bem toscas - como a da purpurina, que eu lia mais para rir de madrugada mesmo - mas que eram divertidas e me fizeram aumentar o repertório de "respostas grossas" que eu não tenho. Ah é, eu madruguei bastante também, esse é um dos motivos para eu aproveitar as tardes onde o sol aparecia, dormindo.

Logo, o que acorreu na primeira semana, se repetiu na segunda, a diferença é que eu tomei vergonha na cara para assistir algum anime. Por indicação da Chibi, decidi começar a vendo Aikatsu!, que foi uma maneira que encontrei de retribuir ao lindo ato dela começar a acompanhar DRRR, conferindo um de seus animus favoritos. E caramba, não entendo como demorei tanto tempo para, pelo menos sair pesquisando sobre ele, porque é uma daquelas histórias simples que acabam te pegando de jeito, sério. O gênero é bem diferente do que eu costumo procurar, - não é um shoujo da vida mas ainda assim, é voltado para garotas - insisto em dizer que demorei muito para assisti-lo. Nunca imaginei como seria a realidade de uma IDOL e agora, até que posso ter uma certa noção e, não é tarefa das mais fáceis, da pra notar que ele o anime leva o crescimento das personagens de uma forma realista, não facilitando as coisas só porque a Ichigo é o brilhinho que acabou de entrar na academia. Logo, me vi encantada não só pelas personagens fofíssimas como também, pelas músicas e os figurinos lindérrimos que as idols usam nas apresentações - adoraria poder ser estilista delas - consegui até mesmo alguns favoritos lá como a Otome que, por mais que eu me estranhe com os seus coques, me encantou com o seu jeitinho cabeça-de-vento de ser, e o Naoto, o único rapaz que apareceu até então, por mais misterioso que seja, as lições que ela passa as garotas são muito lindas. É tudo tão fofo e ao mesmo tempo, mágico que me deu uma vontade de tentar ser idol /tapas/ porém, guardemos os surtos para outra hora.

Até mesmo acabei revendo Kill la Kill novamente, só para poder reviver algumas emoções e tentar encontrar um pouco de inspiração para escrever sobre MikiRyu, por mais que eu ame esse couple, escrever algo sobre eles é como deixar minha mente em branco /kroewkr/ e deu certo, o problema é dar sequencia às ideias que tive. Com isso juntemos DRRR!! Ten e God Eater - que me deu vontade de assistir devido ao EATER no nome /ktreok/ - e aí estão os meus animes da vez.

Tive momentos preciosos para guardar também. Meu tempo de descanso não fora gasto em apenas madrugar com o celular na mão lendo fanfics ou vendo animes pelo computador! Algo bom foi poder rever a Tai, minha amigona que eu mencionei na postagem anterior, ela é puro carisma, não tem como não se afeiçoar a à ela. Disse que a tinha visto nascer, mas foi apenas figura de linguagem, nossas mães foram muito amigas e quando pequenas morávamos perto uma da outra, quando ela nasceu eu ainda era nova, mesmo assim passava mais tempo na casa dela que em outro lugar! O bom de ter ela por perto é que o clima em casa parece mudar totalmente - na verdade, com qualquer vista é assim - e sempre acabamos na mesa do café papeando feito matracas ambulantes, é uma sensação que procuro não esquecer com facilidade. Me senti imensamente feliz quando ela começou a comentar sobre animes comigo - coisa que raramente acontece pois ninguém costuma falar sobre isso comigo em casa - e eu acabei me empolgando demais /teehee/ adoro falar sobre essas coisinhas.

Com a Nana, passei algumas madrugadas acordada, até mesmo assisti Maze Runner com ela e, para me surpreender, acabei gostando do filme, tirando os comentários descontentes por parte dela que diziam faltar N coisas no filme, até que foi divertido; me deu vontade de ler aquela bagaça também /ktortkoe/. Isso é algo que tento manter na nossa relação de irmãs, não importa que nossos gostos não sejam mais tão parecidos, pelo menos eu tento ceder aos dela para termos o que discutir - ou eu ter de aturar ela revoltada com algo - já que, quanto aos meus eu me entendo sozinha, ou uso e abuso do twitter mesmo /ktroertk/ ainda assim não reclamo da irmã que tenho, muito pelo contrário, adoro ela!

Creio que eu não sei aproveitar meu momentos de folga da melhor forma. Dormir é bom, mas hibernar nem tanto. Não consegui me ater a terminar Battle Royale e muito menos começar o livreto sobre a cidade que minha tia me emprestou para ajudar no TCC, não dei aquela geral no meu quarto da forma como queria, só arrumei algumas coisinhas, também não consegui manter as refeições diárias devido a hibernação. Saí miseras duas vezes, contando que uma foi para a quermesse e a outra, comprar lápis. Não foram as férias que eu queria btw, até que deu para "fazer nada" só um pouquinho, o Doukyuusei não ficou parado nem um segundo /ktroetkeo/ e consegui prosseguir com novas ideias para as minhas oneshots /confetes/ me arriscando com outras temáticas, couples, tenho planejado muita coisa quanto a isso e acredito que, mesmo voltando a reta final do curso, histórias por aqui é o que não vão faltar!

Para finalizar, uma das minhas notas de rodapé.
Pode ser um pouco cedo para pensar nisso, tenho ignorado com muita maestria na verdade, mas ainda acho necessário dizer alguma coisa a respeito. Sinto que estou deixando algo passar, sabe eu gosto de interagir com os poucos leitores que tenho mas desde que inaugurei o Douk - um apelido fofinho surgindo - sinto que eles ficaram menos aparentes que antes, não sei ao certo se é pelo conteúdo "novo" que parece sumir com as pessoinhas ou a forma como escrevo. Claro isso não me afeta porém, ainda sinto que os fantasmas rondam mas não deixam rastros /kteortko/ é para vocês que eu criei um meio de tentar interagir de um jeito bacana. Como não é todo mundo que tem twitter e tumblr, acabei criando uma ask pensando em uma forma prática e rápida, não precisa ter conta e vocês podem me perguntar qualquer coisa, desde as oneshots a assuntos triviais (owó)b se o negócio é vergonha ou receio de comentar, lá vocês nem precisam se identificar /ktoretk/ com isso quero ver se a minha teoria esta certa. A propósito, como no gadget eu não conseguia colocar, o link ficou na barra superior, substituindo o link do meu tumblr e essa nota ficou maior do que deveria.


See ya' another time!

Marcadores: ,


FUTURE
PAST