PORTA SOBRE ROMANCES COLEGAS follow

この目が光を失っても, ぼくは描いてみせる
Um clube de artes para o proveito de todos, onde muitas histórias planejam-se serem contadas. Fique à vontade, você não precisa ser bom com desenhos para se juntar a nós. { }
[ pergunte-me o que quiser ]

< novel projects >
● { hear the rain series • gangsta }
● { crônicas do céu series • soul eater 1/3 }
● { sea of stars • soul eater }
Outros rascunhos se encontram em Qiklist!

< UNLUKIES BOX >
{ drabble collection } Boas festas!O que sobrou para dezembro.{ oneshot } Be my lady!Eu já deveria saber...Os mangás que 2016 me trouxe.Um sentimento chamado "fuubutsushi"Clube suspenso. Whut?!{ oneshot } The universe.☆ Hi, signalize! ★100 perguntas sobre anime
< SUPER-DUPER >
Base por Michiko & Adam edição, Snow.
Hacks por Anilyan & Mack.
© 2015 - 同級生; - all rights reserved.


Buscando um curso para seguir.
28 de dezembro de 2017 | 1 comments
Ao final de cada ano eu sempre costumo fazer uma lista simples com as realizações que consegui no ano que está apara acabar e o que eu espero para mim no que está por vir, geralmente coloco mais coisas do que deveria com a ideia de que um fucking ano inteiro - com seus 365 fucking dias - são mais que suficiente para realizá-los mas, no final percebo que meu exagero não deu resultado. Mudei com essa perspectiva a algum tempo e apenas coloco objetivos que preciso alcançar, sendo pessoais, sentimentais ou materiais - as vezes até faço isso durante o ano, sempre tenho listas para riscar o que me deixa satisfeita quando vejo que alcancei mais metas do que imaginava. Certo, eu sempre me esqueço dessas listas e quando as acho percebo que meus objetivos mudaram de foco e que, de alguma forma, eu mudei e eu sempre tendo a ver isso de uma forma positiva.

Ainda não fiz a desse ano, mas deixei um breve rascunho no meu perfil (vide 'kaichou') e me inspirei um pouquinho para prolongá-la em uma postagem e ver se assim eu não me desanimo comigo mesma com o andar da carruagem.



















Se tem algo que eu venho arrastando comigo a uns bons quatro anos é a meta de voltar a desenhar! Pode até não parecer mas, quando era mais nova, os meus rabiscos eram os mais badalados da sala, o que não faltava era gente me pedindo para fazer capa de trabalho e portfólio de bimestre. A demanda era tanta que eu já deixava alguns extensos separados. Ainda tenho os meus cadernos guardados numa gaveta com os meus avanços que fiz com o passar dos anos, não vou mentir, fico envergonhada sempre que olho para eles (e sempre tive vergonha de mostrá-los as pessoas, eu tenho vergonha alheia de mim mesma!) e já faz um bom tempo que venho cultivando varias ideias na cabeça mas deixo de exerce-las - e quando o faço,jogo fora por achar ridículo demais- até ganhei dois cansons do meu tio que raramente presenteia as pessoas com alguma coisa. Eu acabei me desanimando comigo mesma, julgava tudo o que fazia como desnecessário, estava me minando.

Mas agora o jogo virou e estou disposta a me disciplinar e policiar mais, para o que vem a seguir, pretendo fazer ao menos um desenho ao mês (de preferência as ideias que venho anotando e alguns skets que deixei para depois) e tentar alguma técnica nova, quem sabe faço o dragão que quero poder tatuar um dia. Vamos ver como as coisas vão seguir agora!

🔆 Renovar meu guarda-roupa aos poucos e conseguir trocar a armação do óculos.
🔆 Tentar colocar mais dinheiro na poupança e comprar os chaveiros de Kill la Kill e Hunter x Hunter que achei no AliExpress.



















Me acostumei a ler livros de ficção muito nova e esse gênero acabou se tornando o meu favorito - se tiver aventura no meio eu amo - mas já não vejo tanto brilho em livros assim, percebi isso quando peguei o bendito Dezesseis Luas para ler e me senti lendo os mesmo pensamentos que já havia visto pela perspectiva da Zoey em The House of Night ou do Percy de Os Heróis do Olimpo. Percebi que estava sedenta por algo novo e diferente mas não sabia por onde começar, afinal tudo o que eu havia lido até então não passava de infanto-juvenil - tirando As Esganadas e Battle Royale - então me sentia perdida como um cego num tiroteio. Invejo a minha irmã que, tem uma gama bem grande de gêneros literários na bagagem, só esse ano devo ter pego uns cinco livros bem diferentes para ela na biblioteca enquanto eu, nem conseguia terminar os poucos que havia pego.

Então, pretendo ocupar minha mente com gêneros variados e ver se, assim encontro mais uma casa amigável dentre os livros que eu sempre admirei. E claro, eu preciso terminar a Origem do Mito e Comer, Rezar, Amar - que aliás, é um ótimo livro - de uma vez por todas!

P.S.: Se por acaso vocês tiverem algum nome em mente e quiserem me recomendar ficarei grata!

🔆 Manter meu hábito de tomar chá a noite (e acabar com a minha caixa de chá de jasmim), antes de dormir, enquanto surto pelo Shin em Dragon Ball Super.
🔆 Ir mais vezes a padaria de pijama.



















Vamos lá! Eu preciso riscar vários nomes da minha lista de animes que só cresce a cada mês que passa! A meta aqui é só assistir aqueles que eu pretendia assistir, vou ignorar os novos que vem sido lançados e só darei atenção as continuações que me agradaram. Visto que esse ano eu não vi bulhufas, nada além de Show By Rock e Kekkai Sensen BEYOND e alguns episódios de Boku no Hero Academia e 3-gatsu no Lion. Eu realmente queria assistir ao menos cinco e olha que estou sendo benevolente comigo mesma. Uma boa ideia é intercalar dois e ver se assim, eu não fico confusa para manter essa meta.

Por outro lado tenho lido mais mangás (mas não recomendo Killing Stalking amiguinhos, é uma cilada!), então a pretensão aqui é terminar os que abandonei na espera de novos capítulos *encara* Bungou Stray Dogs, Ao no Exorcist, 19 Days, Boku no Hero Academia e espero um dia voltara ler One Piece com a vontade que eu lia em 2012!

🔆 Conseguir ir a outro show, de preferência de algum k-group, só esse ano o Brasil teve a presença dos batatan boys, Dreamcatcher e K.A.R.D!! Estou ansiosa pelo o que a Highway Star vai aprontar.

Eu vou sim conseguir publicar todos os meus malditos rascunhos de uma vez por TODAS PODEM ANOTAR OS QUE VOS DIGO MEUS CAROS!! Desse 2018 não passa, vão ser as minhas oneshots, drabbles e ideias que venho anotando desde 2015, eU VOU CONSEGUIR!!2NE1!!! E assim, manter o Doukyuusei atualizado, por mais que ele ande as moscas, sou uma kaichou com poder e farei essa belezinha continuar!!

🔆 Fazer algo inovador no meu aniversário de vinte e um anos, afinal são holy 21 years!! Vou tocar 2NE1 o dia inteiro até eu enjoar dos auto tones que metiam nas músicas das gatas.



















Sabe, eu nunca fui uma pessoa muito ativa em se tratando de 'fazer exercícios físicos' mas eu sempre me obrigava a isso por pura pressão do meu pai, até tentei handebol um vez mas não deu muito certo, então sempre que podia pedia umas dicas a ele e fazia uma série de alongamentos em casa mesmo, mas vai dizer que eu conseguia manter essa rotina por mais de uma semana? A resposta é simples, eu não conseguia. Mas, de alguma forma eu acabava retornando a esse objetivo para ter um controle melhor do meu corpo, a única vez que consegui uma efetividade melhor foi quando inventei de fazer yoga e caminhar pela orla da praia aos finais de semana e olha, foi ótimo mas adivinhem, eu parei de novo! Eu realmente não sei como eu consigo isso, mas eu sempre volto a estaca zero. Esse é o mantra da minha vida, sem sarcasmo.

Então eu adoraria poder voltar a me exercitar mais e aprender outra série de alongamentos - porque eu consigo me esquecer de todas que aprendo - para assim conseguir pular corda por mais de dois minuto e meio, conseguir nadar sem perder o fôlego tão rápido (na realidaade eu preciso aprender a nadar também) e tentar ir para o trabalho de bicicleta mais vezes para poder aproveitar as subidas e descidas de morro que tem pela cidade. E honestamente, essa é uma das metas que quero cumprir com louvor, estou precisando.

🔆 Procurar ter uma alimentação mais balanceada, colocar mais salada no meu prato é um bom começo. E cozinhar mais.



















Vou tentar colocar em prática o exercício de ser mais sociável com as pessoas ao meu redor e não soltar profanidades a elas mentalmente. Por mais que me digam que eu sou muito simpática eu penso o contrário e me vejo como uma eremita que odeia  a ideia de ter que falar com alguém, imaginem a prova de fogo que não foi meu emprego, eu ainda luto para driblar esse meu péssimo hábito.

Nesse mesmo barco eu coloco outro objetivo pessoal, me aceitar e me 'amar' mais. É meio complicado viver um dia estando totalmente feliz consigo mesma para no dia seguinte estar depreciando tudo o que faz ou deixa de fazer, até mesmo a sua existência! Esse ano foi muito instável nesse sentido - logo vocês podem imaginar porque eu não aparecia aqui - eu até consegui uma ajuda muito bem vinda de uma pseudo-psicóloga que me ajudou a enxergar onde eu estava errando gravemente comigo, por algum motivo eu havia perdido a mim mesma no meio da minha caminhada e não estava me dando tempo de me encontrar, logo amontoava um monte de coisa por dentro e bem o resultado era péssimo. Depois de algumas conversas eu tenho caminhado até que bem, tenho muitas recaídas mas sempre me levanto rindo e tentando pensar numa forma de resolver o problema. Agora eu só preciso ocupar a cabeça com aquilo que sempre me fez bem - bloggar, desenhar, ler, ver filmes, conversar com pessoas que tenham uma mente 'sã' - e não dar mais do que o espaço necessário para a frustração e ansiedade que sempre me consumiram muito. Dessa forma, eu penso que conseguirei me identificar com Happy e Gold mais vezes do que simpatizo com Forget e Solitaire.

O que busco realmente aqui é um pouco de equilíbrio pessoal, entre mim e meu lado emocional/sentimental, eu quero poder encarar todos os meus dias com um olhar confiante e feliz, sabendo que vou conseguir enfrentar qualquer barreira que me seja imposta! Não importa se a minha relação com a minha mãe e a sua parte da família esteja em frangalhos eu não posso fazer muita coisa se eles também não querem dar o braço a torcer, eu não consigo fazer tudo sozinha e tenho que queimar isso no fundo da minha mente para não me esquecer. O que eu puder fazer por mim, eu farei já estou farta de fugir e fugir sem conseguir chegar a lugar algum. Métodos antigos não abrem novas portas e está na hora de tentar outros.

🔆 Dar vida as minhas contas no MAL e no NYAH de uma vez, elas já vão fazer aniversário!



















Para fechar, minha última meta a seguir é algo que engloba tudo o que coloquei acima. Fazer algo novo todos os meses, nem que seja apenas uma coisa como aprender uma música nova ou começar um dorama DE VEZ, eu só preciso tentar me inovar um pouco e se eu conseguir colocar isso em prática já vai me valer muito! Tenho andado por muito tempo lendo fanfictions e salvando imagens no WHI, acho que devo ter absorvido uma boa gama de inspiração e está mais que na hora de descarregá-la em algo lugar! Assim, quem sabe eu não finco meus pés em um destino agradável para mim?

O que estou buscando, provavelmente se chama sophrosyne.



WOw!! Eu não esperava que a minha lista fosse ficar tão elaborada mas o resultado esta além do agradável, só me desculpo pelo festival de cores e imagens que ela acabou ganhando enquanto editava, é que eu simplesmente adoro todas as imagens que venho salvando no WHI (até consegui chegar aos 1k lá) e tinha que colocar algumas por aqui. No fundo eu sei que não estou pedindo muito de mim e sim o necessário, aqui coloquei coisas que eu sei que me ajudarão a driblar com mais leveza os problemas que surgem no meu cotidiano e não me deixar ficar triste por muito tempo. Se eu queria ocupar minha cabeça essas metas podem cumprir com isso!

E se eu não voltar até o final da semana, saibam que desejo a todos vocês que ainda passam por aqui um bom ano novo com muitas realizações e brilho, que vocês não desistam de algo só porque parece difícil a primeira vista, aqui eu quero passar apenas energias positivas! Beijos de luz 🌟


See ya' another time!

Marcadores: ,


FUTURE
PAST